Criminosos explodem caixas eletrônicos, atiram contra base da Guarda e queimam carros em Jarinu

Suspeitos atingiram oito disparos na unidade da GCM e queimaram carros para dificultar acesso à cidade.

Criminosos armados atacaram caixas eletrônicos de duas agências bancárias e atiraram contra a base da Guarda Civil Municipal de Jarinu (SP) na madrugada desta terça-feira (23). Na fuga, queimaram três carros na rodovia Edgard Máximo Zambotto, segundo a Polícia Militar.

A ação ocorreu às 4h20 na região central da cidade, nas unidades do Itaú e Banco do Brasil, na esquina da rua Independência.

Não há informação se os ladrões conseguiram fugir com dinheiro dos caixas.

Como uma das agências fica perto da base da GCM, um dos oficiais teria ouvido uma conversa e saiu para verificar se havia algum problema, quando os suspeitos começaram a atirar, conforme a corporação.

Pelo menos oito disparos teriam atingido a base. Ainda segundo a GCM, o guarda conseguiu se abrigar e pedir reforço, momento em que os criminosos fugiram do local. Ninguém ficou ferido.

De acordo com a polícia, além dos três carros queimados na rodovia, outros dois veículos foram encontrados destruídos em estradas vicinais para impedir o acesso das equipes.

A Polícia Civil, Militar e a perícia foram acionadas. As equipes encontraram nas ruas cápsulas de fuzil, metralhadora 9mm e espingarda calibre 12.

Furto de armas

No sábado (20), ladrões invadiram a agência da Caixa Econônima Federal em Jarinu e fugiram com armas de vigilantes que ficavam guardadas no prédio.

Quando os policiais chegaram na agência, não encontraram mais ninguém. O caso vai ser investigado pela Polícia Federal de Campinas (SP).

Fonte: G1.globo.com