Polícia prende suspeito por furto de casas após perseguição em Atibaia

Ele e um comparsa são suspeitos de cometerem ao menos quatro furtos na cidade. Prisão foi manhã desta quinta-feira (8) e objetos furtados pela dupla foram recuperados.

Um homem foi preso após furtar uma casa na tarde de quinta-feira (8) em Atibaia (SP). De acordo com a Polícia Civil, o homem e um comparsa são investigados por uma série de furtos à imóveis na cidade. A prisão ocorreu após perseguição – um dos suspeitos conseguiu fugir.

Itens furtados de uma casa foram recuperados pela polícia (Foto: Divulgação/Guarda Civil)

Ainda segundo a polícia, pelo menos quatro furtos foram registrados pelas vítimas no último mês. Durante investigação, os policiais descobriram que o mesmo carro era utilizado nas ações.

“Era um SUV com placa de São Paulo, que tinha um amassado na parte de trás. Pedimos ajuda para a guarda municipal que monitorou pelas câmeras de segurança e quando o veículo passou por uma câmera no Jardim dos Pinheiros, eles nos avisaram”, contou o delegado Elton Costa, responsável pelo caso.

Os policiais começaram as buscas pelos suspeitos e políciais rodoviários estaduais fizeram um bloqueio na rodovia Dom Pedro 1º, sentido Campinas, para tentar inibir a fuga dos criminosos. No entanto, eles conseguiram furar o bloqueio e houve perseguição.

Dupla parou carro em estrada vicinal para tentar fugir; um foi preso (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Os criminosos pararam o carro em uma estrada vicinal e tentaram fugir a pé. Os policiais conseguiram deter um deles e o outro fugiu.

No veículo abandonado, os políciais recuperaram três televisões, computador, joias, bebidas e roupas que tinham sido furtados antes da perseguição em uma casa no bairro Vila Santista. Simultâneamente, os donos do imóvel ligaram para o 190 para informar o furto. Eles foram levados para a delegacia e reconheceram os pertences levados.

O homem, que é de Mairiporã, foi preso em flagrante por furto qualificado. Ele também irá responder pelos outros furtos. A polícia investiga os casos e tenta localizar o outro criminoso.

Fonte: G1.globo.com